Arquivo do mês: outubro 2010

:D

Estive meio sumida por aqui, mas tudo tem explicação. Sumi porque agora sou hiper mega ultra super blaster popular, tenho festas todas as noites, fico de ressaca todo dia e… tá, mentira. Eu sumi mesmo porque devido à um contato absurdo à uma quantidade absurda de um certo óxido, eu desenvolvi alergia, e tenho passado mal durante vários dias, tossindo que nem uma cachorra à toda hora. Mas, claro, tudo tem seu lado bom. Graças à essa minha alergia, acabei perdendo dois quilos em cinco dias. Mas, como tudo vindo de mim tem de ser complicado, eu perdi esse dois quilos vomitando meu café da manhã, meu almoço e meu lanche da noite – e, de quebra, o cafezinho da tarde – quase todo dia. Mas, como sou um exemplo de alegria, entusiasmo e felicidade (leia-se: falta de vergonha na cara pra procurar alguma coisa de útil pra fazer, tipo o trabalho de Matemática que eu deveria ter entregue sexta-feira), mesmo morrendo de tosse, calor e tomando chuva – eu nem sei porquê, mas aqui em Belo Horizonte existe uma terrível mania de chover pra cacete sempre que faz um calor do caralho, mas enfim, estamos falando de BH, do Brasil, do efeito estufa, das nuvens, do escambal-à-quatro, fazer o quê né -, eu fui tirar fotos para o meu book de 15 anos. Claro, porque, se você é uma garota, e quer ter uma lembrança de como você era aos 14 anos antes de ficar com a cara cheia de espinhas, deve fazer um book decente. E lá fui eu toda feliz e saltitante, derretendo nesses 37º Celsius de Belo Horizonte, tirar as fotos.

Quero deixar aqui os meus sinceros parabéns às modelos fotográficas desse Brasil afora, porque eu pude sentir na pele o quanto vocês sofrem para fazer books lindos e maravilhosos. Mas enfim, o lugar onde nós fomos tirar as fotos é muito bonito e panz, e, tipo, tem um pavão de verdade. Caralho, eu só percebi que era de verdade quando eu parei embaixo dele e ele mexeu. E também tinha patinhos, mas os patinhos fugiam de mim. Eu não sei porque, sou tão legal pára com os bichinhos… exceto naquela vez que amarrei o rabo de um gato no barbante e amarrei no muro. Mas também, ô gato chato aquele viu, pqp. Mas isso não vem ao caso, falarei dessa árdua arte de capturar imagens com um dispositivo, a fotografia. Para se conseguir uma boa foto, deve-se ter três coisas básicas: inspiração, técnica e muita paciência. Mas como eu não tiro fotos boas, não posso nem ao menos explicar isso. Só sei que é assim, porra.

Mas voltando aqui… durante esse tempo que estou doente, tenho pensado muito em novos assuntos pro blog, mas como eu não achei nada que preste, pulemos essa parte e vamos ao que interessa. Ou seja: nada. Aliás, falaremos de política. Ou melhor, não. Deixemos para outro dia, quando eu estiver melhor e raciocinando melhor, porque essa alergia me deixou meio lerda sabe, e, tipo, eu já nem sou um tiquinho lerda normalmente né, então… Só pra vocês terem idéia, na aula de Física a minha professora escreveu lá o som da letra grega que usa numa equação lá e panz. Tipo, eu demorei meia hora pra perceber que ‘rô’ era o som da letra, e não outro elemento da equação. É, foi malz.

Então né, falta de assunto é uma merda. Aliás, falarei sobre isso: falta de assunto. Sempre acontece isso comigo. Talvez seja a alergia, mas eu não estou morrendo todo dia. Quer dizer, eu estou morrendo todo dia, mas enfim, falta de assunto. Isso acontece quando você quer falar sobre alguma coisa, mas não se lembra sobre o quê. Ou seja: você tem memória fraca mermão, vai prum médico vai. Tô indo.

Não existe jeito de driblar a falta de assunto, o jeito é arranjar outro assunto, tipo: ‘Será que chove, hein?’. Falando nisso, aqui em BH está chovendo demais esses últimos dias e panz. Deixarei vocês nesse dia das bruxas com uma tirinha temática que acabei de chegar. É antiga, mas enfim, enjoy ô/ E votem conscientemente hein? Ou seja, vote nulo, heh.

kkkk, morri

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Super Nintendo :DD

Um dos games mais famosos de toda a história da evolução da tecnologia, o Super Nintendo, conhecido como SuperNES, foi lançado em 1990 no Japão pela nossa queridíssima Nintendo, a fodástica dos games. E como uma boa nerd que se preste, eu tenho um Super Nintendo kkkk e funciona até hoje. Aliás, jogo todo dia *-*

O meu é desse naipe aí, só que a manete não é colorida não kkkk

Mas enfim, vou falar umas coisinhas que aprendi com o Super Nintendo (:

  • Dinossauros podem ser azuis, verdes, vermelhos ou amarelos: quem nunca jogou Super Mario que atire o primeiro console. Mario é tipo o ~Chuck Norris~ da Nintendo. Em qualquer versão – de menos o Galaxy 2, que achei um pouco fraquinho em comparação ao primeiro, mas isso é de Wii, enfim. E junto com o Mario, está seu fiel companheiro Yoshi, em suas mais variadas cores. E cada um com um poder diferente. De menos o verde, que só serve pra engolir bichinhos mesmo e voar quando pega o casco azul Q Mas enfim, o Yoshi sempre será o dinossauro fofinho que acompanha o titio Mario ae. O incrível é que todas as vezes é a Princesa Toadstool que é sequestrada, pqp, te contar viu, esse Bowser nem pra mudar de alvo às vezes ~~ foda-se, não gosto da Peach mesmo.
  • Um guri baixinho pode soltar bombas: Super Bomberman é outro clássico dos clássicos. E, para quem nunca jogou, sim, o gurizinho de cabeção lá solta bombas. Mas não me pergunte de onde saem as bombas. Vai saber né kkk Mas eu amo Bomberman gente, é tão cool *-* Eu tinha todos os cinco jogos de Bomberman, mas o 1, o 4 e o 5 estragaram, agora eu só tenho o 2 e o 3 D: Merda, o 4 é o melhor de todos, porque estragou? DDD: Mas enfim, Bomberman se resume a soltar bombas, matar os bichinhos, pegar cavalinhos(no caso do Bomberman 3, coelhinhos gigantes fofinhos, no 4 é um tanto de bicho diferente, no 2 são robozinhos, enfim) e derrotar os chefões, que na grande maioria das vezes são robôs gigantes ultra potentes que conseguem explodir uma bomba no cu do seu cavalinho em questão de segundos.
  • Bolinhas brancas grandes fazem os fantasminhas piscarem: que coisa mais nonsense, parece que tô falando de dorgas kkkkk mas quem já jogou Pac-Man sabe do que tô falando 😀 São 60 e tantas fases de pura dorgas mesmo, fantasminhas coloridas, bordas das fases fluorescentes, uma doideira só kkk Mas é muito bom, as animações entre algumas fases são muito legais e panz, e é muita fase pra passar, pqp D: Mas eu já devo ter zerado umas vinte vezes. Também, tem quase 12 anos que tenho o videogame, se não tivesse zerado ainda merecia um soco -e
  • Macacos andam em montanhas-russas(é assim mesmo?) e respiram embaixo d’água: a fabulosa série Donkey Kong. GENTE, é muito foda *.* Os gráficos são lindos, a Dixie consegue voar por causa do cabelo, o Donkei consegue arrancar 90128302734879459058 bananas de um cacho de uma vez, o Kiddy chora pra cacete e o Diddy… bem, o Diddy é baixinho .-. Mas, porra vey, Donkey Kong é muito foda. E muito difícil também, eu custo a passar o K3, lá naquele boneco de neve ;_; E pegar todos os bônus e as moedas douradas e afins é muito chato, é pra isso que serve as senhas kkkkk
  • O Máscara consegue quebrar pisos de concreto puro: man, sabe o que é ver o Máscara pegando uma marreta e arrebentando o piso da cadeia? Pois é, é isso que acontece no jogo kk Se não me engano, é a antepenúltima fase, e o Máscara tem que derrotar um cara mó cabuloso lá fi, muito louco e panz. Mas é muito bom, o jogo é muito fiel à história original, muito divertido kkk

Bom, isso foi só umas coisinhas que têm nos jogos que falei e panz, tem muitos mais jogos e muito bons e coisa e talz. E, man, eu tenho um Super Nintendo que funciona até hoje *.* isso é tão lekals kkk E eu só fiz esse post porque minha mãe e eu passamos quase a tarde inteira jogando Bomberman, aí eu lembrei disso e enfim, minha mãe tá jogando até agora kkkk

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Entre mendigos e estagiários kk

Old but gold kkkk

Um sinal de trânsito muda de estado, em média, a cada 30 segundos, ou seja, 30 segundos no verde e 30 segundos no vermelho. Portanto, a cada minuto, um mendigo tem 30 segundos para faturar pelo menos R$ 0,10, o que numa hora dará: 60 x 0,10 R$ 6,00. Se ele trabalhar 8 horas por dia, 25 dias por mês, num mês terá faturado:

25 x 8 x 6 = R$ 1.200,00.

Bem, R$ 6,00/hora é uma conta bastante razoável para quem está no sinal, uma vez que, quem doa, nunca dá somente 10 centavos e sim R$0,20, R$0,50 e às vezes até R$1,00. Mas assumindo que o mendigo fature a metade: R$ 3,00/hora, terá R$ 600,00 no final do mês, que é o salário de um estagiário (é claro que depende da região do país e de outros fatores, mas enfim…) com carga de 35 horas semanais ou 7 horas por dia. Ainda assim, quando o mendigo consegue uma moeda de R$1,00 (o que não é muito raro), ele pode descansar tranqüilo debaixo de uma árvore por mais 9 viradas do sinal de trânsito, sem nenhum chefe pra aporrinhá-lo por causa disto.

Mas isto é teoria, vamos ao mundo real…

Foram entevistar uma mulher que pede esmolas, e que sempre era vista trocar seus rendimentos na Panetiere (padaria em frente ao CEFET). Então lhe perguntaram quanto ela faturava por dia. Imaginem o que ela respondeu? É isso mesmo! ‘Ganho de R$ 35,00 a R$ 40,00 em média, o que dá (25 dias por mês) x 35 = R$ 875,00 ou 25 x R$ 40,00 = R$ 1000,00. Então, na média, ganho R$ 937,50.’ E ela disse que não mendiga 8 horas por dia.

Moral da História: É melhor ser mendigo do que estagiário. E pelo visto, ser estagiário é pior do que ser mendigo…

KKKK, E EU PENSANDO EM SER ESTAGIÁRIA NALGUM LUGAR JDASILJCUFNHUCHFNHASFHNKSHFIN É como diria minha mãe: estagiário = escraviário kkk trabalha, trabalha e não ganha muito kkk Minha professora de Filosofia(OI, NÁJADIA kk) estava falando comigo e com o Victor que ia falar com a coordenadora pra arranjar trabalho pra gente lá na escola, Oh My Fucking God. E de tarde a minha professora de Biologia(OI, TIA *-* <3) falou que eu e a Syl éramos as estagiárias dela, pqp. Enfim, vou ir mendigar um pouco ali, quem sabe eu ganho alguma coisa? kkkk Ou então montar um bordel ali na esquina, acho que é mais lucrativo que ser mendigo kkk

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Como ser um bom aluno (:

Atualmente a minha vida social se resume à estudar, organizar minha festa de aniversário, estudar, receber convites para festas de aniversário, estudar, fazer provas, estudar, entrar na internet e – por último e não menos importante – estudar. É, vida de aluno do primeiro ano do Ensino Médio NÃO É FACIO MEU AMIGO. Primeiro que temos zilhares de matérias à mais do que tínhamos na oitava série. Ou seja, não estamos acostumados com esse tanto de matéria. Segundo que os professores pegam muito pesado – apesar de uns três ou quatro professores serem os mesmos dos anos anteriores, mas isso não vem ao caso kkkk E terceiro: nós ficamos uma hora à mais na escola. Nós temos um horário à mais. E às vezes ainda tem aulas dia de sábado, veja bem.

Mas enfim, tô aqui pra falar como é difícil ser um aluno bom de primeiro ano hoje em dia. Digo bom porque pra ser um aluno ruim basta umas bombinhas na mochila e uma lagartixa na mesa da professora, porque né. Não, menos as bombinhas. Isso era coisa de sétima série. Embora tivesse uma guria lá na escola – que por sinal era da minha turma – que soltou umas bombinhas lá na escola e tudo o mais. Depois disso nunca mais voltou na escola, e dizem por aí que ela teve um caso com um homem casado – em outras palavras, fodeu com um homem casado – e ficou grávida, além de apanhar da mulher do cara. Ou seja, literalmente se fodeu. Em todos os sentidos.

O bom aluno não é só aquele ~excluído social~ que senta na última carteira e tira notas quase tão boas quanto à do nerd da sala. Apesar de o nerd ser quase sempre o excluído em questão, mas enfim. O bom aluno é aquele que além de tirar boas notas, conversa com todo mundo, faz brincadeiras – NAS HORAS CERTAS vejam bem – e conversa com os professores também. Claro que se conversar demais com o povo da sala também estraga né kkk

Mas enfim, se você é um aluno ~marromeno~ e quer ser um bom aluno, a primeira coisa a fazer é parar de ler esse post e ir estudar trocar de lugar com alguém que sente na frente. É sério, porque, veja bem: o povo bagunçeiro sempre senta no fundo. Se você senta no fundo, os professores vão achar que você é bagunçeiro – mesmo se você for calado. Se os professores acharem que você é bagunçeiro, eles vão pegar no seu pé. Se eles pegarem no seu pé, aí fodeu guri, pode arranjar uma escada, porque você vai estar no fundo do poço. A pior coisa que podem fazer na escola é achar que você é bagunçeiro só porque senta no fundo. TÔ FALANDO SÉRIO, já passei por isso. Tipo, na sexta série eu sentava na terceira carteira, e isso é relativamente na frente. É o meio da sala. Na sétima, eu mudava de lugar quase toda semana, porque eu era tipo o coringa da sala. Claro que eu sempre dei um jeito de conversar com os professores e virar a queridinha deles rs. Na oitava série, todos os professores já me conheciam, mas a professora de português me pôs no último lugar. É, além de não enxergar nada, era vista como bagunçeira. E eu conversava pra caralho no fundo viu, pqp Então, nesse ano, a professora de português que graças aos céus não é a mesma do ano passado, me pôs no primeiro lugar da segunda fileira da janela, mais conhecido como ‘o lugar do nerd’. É.

Trocando de lugar, você poderá prestar mais atenção na aula. À não ser que você seja muito cara-de-pau e fique conversando que nem uma maritaca bem nas fuças do professor.

A segunda coisa a fazer para se tornar um bom aluno é prestar atenção na aula. Claro, você acha que na hora da prova vai baixar um Leonardo Da Vinci em você e tirar total na prova? Óbvio que não, você tem que prestar atenção na hora em que o professor explicar. Tipo, eu como exemplo: eu presto atenção na aula, e eu nem estudo pras provas, porque prestei atenção e sei a matéria (: Se você é daquele tipo de aluno que não consegue parar quieto (=eu), demonstre isso, mas sem conversar com um colega. Demonstre isso perguntando pro professor algo sobre a matéria ou uma coisa que você não entendeu sobre o exercício, enfim, não precisa ficar calado pra aprender direito.

Mas, óbvio, conversa em excesso sempre atrapalha.

Uma coisa que sempre ajuda a ser um bom aluno é – por mais incrível que pareça – fazer amizade com os professores, até mesmo com o professor que você mais odeie, quer matar assim que vê, tem vontade de pular no pescoço, explodir uma bomba no cu dele, enfim. Tipo, com um professor como amigo, você tem a vantagem de poder perguntar qualquer coisa à ele. Ou seja: você pode pedir explicações extra sobre um assunto, aprender mais sobre a matéria, etc. E fazer amizades com professores é muito bom, sério. Eu fiz amizade com todos os meus professores lá da escola – tanto os desse ano como os dos anos anteriores -, e garanto que eles podem ser muito divertidos – quando querem kkkkkk

Tá vendo que não precisa ser um(a) nerd virgem que faz montagens eróticas com imagens da loira gostosa da sala jogador(a) de Tibia ou blogueiro(a) pra ser um bom aluno? É só querer oras.

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Férias de verão.

Aproveitando a dica da @jelatinax, um post sobre férias. Bom, aqui no Brasil, as férias de verão são em dezembro, mas lá no povo do norte é em junho, julho, por aí, enfim Q As férias de verão tem esse nome porque – PASMEN – acontecem no verão -NNNN Enfim, chega de zoeira, vou falar sério agora AHAM

Geralmente as férias de verão começam lá pro dia 15 de dezembro – isso se você estuda em uma escola normal, que não faz greve, porque, na minha escola, geralmente as férias começam no dia 23 de dezembro, e olhe lá -, e vão até a primeira semana de fevereiro. A maioria das festas acontecem no período das férias – e eu não estou me referindo apenas às festas de aniversário. Tem o Natal, esse treco aí à meia-noite de 24 de dezembro pra celebrar lá quando Jesus nasceu e panz, que é quando o Papai Noel deixa presentinhos fofinhos embrulhadinhos embaixo da árvore de natal e tem também o Ano-Novo, que – PASMEN DE NOVO -, é pra comemorar o Ano Novo 😀

 

QUE NINDO S2S2S2S2S2 q

 

Mas o que fazer nas férias? Porque, embora você não queira admitir, as férias de verão é a época mais maçante de todo o ano. Primeiro porque você não tem nada pra fazer, se viaja, cansa do lugar em dois dias, não vê ninguém, não faz nada, fica moscando na sala, deitado no sofá assistindo De Volta à Lagoa Azul e o programa anual do Roberto Carlos E NÃO DIGA QUE NÃO ASSISTE, PORQUE SEMPRE TEM UM NA SUA FAMÍLIA QUE VAI LIGAR A TV NO HORÁRIO DESSE TRECO E VAI TE FAZER ASSISTIR há bitch, eu sei tudo -N Além de você não ter nada pra fazer, é nessa época que você engorda. Claro, porque ninguém – eu disse: NINGUÉM, não venha dar uma de mal-comidaalimentada dizendo que não come – resiste à ceia de Natal, muito menos aos quitutes do Ano-Novo. Junte: falta do que fazer + ceia de Natal + quitutes do Ano-Novo = PODE DAR UM JEITO DE PERDER PESO MINHA FIA

 

Se você não engordar com isso, parabéns D:

 

Óbvio que se você não tem tendência pra engordar, não precisa se preocupar com isso. Mas isso não vem ao caso.

A maioria das pessoas pensa em praia quando ouve falar em férias de verão. Claro, porque verão = calor = praia. Então vai todo mundo pra praia. Mas estão esquecendo de uma coisa: no verão chove. Praia + chuva = FAIL é por isso que só fui na praia uma vez na vida, porque quando eu fui choveu pra caralho durante três dias, e eu fiquei sete dias lá só ACABARAM COM A MINHA INFÂNCIA mas ao menos eu fui num trenzinho que tinha lá, e tinha um cara fantasiado de Cuca, e eu dei um chute na canela dele porque ele deu uma bola de plástico grandona prum guri lá, e não me deu. FELODAPUTA kkkkk Mas além da praia, tem várias outras opções, tipo, montanhas, cachoeiras, sítios com piscina, praias de nudismo, o bordel da esquina, enfim.

 

SÓ SOMBRA E ÁGUA FRESCA NNNN mentira, nem na praia eu vou kkk

Ainda estamos na primavera, essa estação maldita aí, mas o verão está quase chegando. Faltam só… dois meses e 3 dias, imagina, passa rápido (: -N Enquanto o verão não chega, o jeito é estudar né, porque as provas estão quase chegando e-e

E, só pra constar, não tem um bordel na esquina aqui de casa. É.

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Horário de verão.

Para quem mora no Norte e no Nordeste, não existe esse problema. Mas para quem mora no Centro-Oeste, no Sul e – como eu – no Sudeste, isso é uma das coisas que mais dá problema por aqui. E o que é isso? Bom, o horário de verão nada mais é do que uma merda de uma hora adiantada em relação ao horário normal que faz você perder toda a noção do tempo a alteração do horário de uma região, designado apenas durante uma porção do ano, adiantando-se em geral uma hora no fuso horário local.

A idéia desse treco coube à Benjamin Franklin, que foi um político e inventor americano. Essa idéia pavorosa brilhante aconteceu em 1784, em uma época que nem ao menos existia luz elétrica. E o maior objeitvo do horário de verão é economizar energia. É, não vejo utilidade nenhuma nisso, porque todos continuam acendendo a luz, tomando banho, ligando aparelhos elétricos, etc.

Pra mim, na real, esse treco só serve pra me fazer confundir tudo, porque existe uma coisa chamada relógio biológico, que é uma denominação dada a toda e qualquer estrutura dos seres vivos que permita uma previsão exata ou quase exata de quando um evento vai ocorrer. Em suma, é esse relógio biológico que define a hora que você tá com fome, com sono, com sede, etc. O que significa que, se você tem fome sempre às 11 da manhã, é porque o seu relógio biológico definiu isso. E quando existe o horário de verão, as 11 horas, o horário em que você irá almoçar, na verdade, serão 10 horas. E você na verdade vai estar com fome às 12 horas, e não às 11, como você está acostumado. É uma coisa de louco na verdade, e pode provocar doença isso. Acho que é por isso que eu sou assim, sem zoeira kkk

Acho que a única coisa boa no horário de verão é que se você estuda à tarde e sai da escola às 5 e meia da tarde, no horário de verão você estará saindo às 4 e meia da tarde, estará mais claro, e você poderá ficar fazendo hora na rua mais tempo kkk MAS, como eu não estuda mais à tarde, e saio da escola só meio-dia e meio, morrendo de fome e cansaço, não vai fazer diferença nenhuma pra mim e_è maldito horário de verão, só serve pra me fazer confundir tudo mesmo e ficar com mais fome, eitcha nóis -N

Mas enfim né, gosto é que nem cuotovelo, todo mundo tem o seu, e dane-se essa porra, eu quero mais é que chega meu aniversário, tô afim de ganhar presentes, wee -QQ

Falando em aniversário, presentes e afins, vou falar de aniversário Q Mudando totalmente de assunto, mas enfim. Pra que serve aniversário? Pra ficar mais velho, tá q Mas e o que mais?

Tipo, eu até gosto de festas de aniversário(principalmente de 15 anos, desde que eu não receba pisões no pé e tenha de fazer a passiva da família, criancinha fofinha que adora fazer social com os parentes, enfim), mas eu não gosto de lembrar que estou ficando velha e-e Tá, eu nem sou tão velha assim, sou uma das mais novas da família, e uma das mais novas da minha turma e enfim, mas, tipo, já imaginou quando você tiver 99 anos e eles fizerem uma festa pra você? Muito LOL, sério, ‘cê já tá quase que com o pé na cova, e o povo ainda te lembra disso, pqp. Desconsiderem que eu tenho uma tia-avó de 100 anos, e teve uma festa pra ela, é.

Por favor, meus queridos amigos e familiares, quando eu estiver bem velhinha e você ainda estiverem vivos, POR OBSÉQUIO, não façam uma festa de aniversário pra mim. Como eu sei que vou estar caduca mesmo, não vou lembrar nem o meu nome direito(sério, eu na idade que tô não lembro nem que dia é hoje, quando tiver mais velha, não vou lembrar de porra nenhuma), então vou esquecer minha idade também, e não quero nem me lembrar. Mas óbvio que também penso coisas boas pra quando eu estiver mais velha, tipo, espero que quando eu estiver lá com os meus 50, 60 anos, eu esteja fofocando trocando idéias com a minha amiga Silvia sobre o nosso tempo de escola, e ela deixe cair a dentadura, e, eu, ~humildemente~, me abaixo para apanhar a dentadura, porque estarei com um corpinho igual, tipo, o da Madonna kkkk tá, isso foi tirado de um depoimento que a Syl me mandou, mas enfim, imaginem que fui eu quem inventei HÁ, BITCH (H) kkk

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

15 anos e-e

Bom, é só porque meu aniversário tá chegando, e, sacumé né?, muitas coisas pra fazer, zilhares de ocupações, fotos, convites e etc. E eu queria só dividir um tiquin essas coisas de debutantes. Bom, eu já fui em várias festas de debutantes. E em todas elas a aniversariante reclamava que tinha que ficar recebendo os convidados e panz e coisa e talz. E realmente, até eu vou ter de ficar fazendo isso, enfim kkk Uma festa ~normal~ já dá trabalho, uma de 15 anos então, nem se fala e-e Tem que ver vestidos, salão maneiro, lista de convidados, convites fofinhos, decoração, DJ, etc.

Na verdade verdade mesmo, eu acho festa de 15 anos uma baita duma dor de cabeça, porque você – se for a aniversariante – tem de ficar duas horas em pé recebendo os convidados, andando pra tirar foto com todo mundo e ficar fazendo social com os parentes. E quando você finalmente vai sentar em algum lugar, já é meia-noite e você tem de ir dançar a valsa. E depois, fica mais um tempão esperando terminar as homenagens e coisa e talz, pra então ir sentar. Mas, quando você se senta, seus amigos já estão indo embora, todos felizes, saltitantes e cambaleantes, porque estão todos bêbados. É.

Mas eu vou ter uma festa de 15 anos. Por isso esse post. Tipo, eu não sou o tipo de garota que faz social com os parentes. Eu só vou receber os convidados, depois sento na mesa junto com meus amigos e curto a festa. Aqui pra eles que eu vou ficar andando de um lado pro outro ouvindo o povo falar: ‘nossa, que linda você tá, que vestido bonito, você que escolheu a cor, como você cresceu’ e outras coisas desse tipo.

Mas enfim né, gosto é que nem cuotuvelo, todo mundo tem o seu. Se você for fazer uma festa de 15 anos, lembre-se que a festa é SUA, não deixe ninguém dar palpite. Nem sua mãe pqp, ‘cê já tem 15 anos, toma vergonha na cara. Faça valer a SUA opinião, o SEU gosto e o SEU estilo, porque, se você não gosta de rosa, não vai querer que sua mãe encomende um bolo rosa. E não se esqueça que você tem de se divertir também, afinal, você esperou 15 anos por uma festa dessas, então, tem que aproveitar (:

Juro que depois da festa eu posto sobre a bendita festa e coloco algumas fotos também. É.

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

P.S.: essa sou eu pegando um post do blogspot e pondo no wordpress às 01:11 da matina. É.

1 comentário

Arquivado em Uncategorized