Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1. [2]

Onde foi que eu parei mesmo?

Ah é, Largo Grimmauld. Bom, Harry, Rony e Hermione fugiram dos Comensais e se esconderam na casa de Sirius, que fica no Largo Grimmauld. E em uma bela manhã de sol Joseph Klimber eles acharam o quarto de Régulo Arturo Black, vulgo R.A.B., dono do medalhão encontrado no filme anterior e irmão mais velho do padrinho sexy e gostoso de Harry. Lembrando que o medalhão do filme anterior era falso, e eles têm que descobrir com quem está o verdadeiro. E à quem Harry recorre para descobrir isso? Sim, Monstro, o elfo doméstico rabugento da linda e harmoniosa família Black.

affo, elfo rabugento inútil -e

E Monstro, depois de xingar Hermione, conta que Mundungo Fletcher, o vagabundo que abandonou Olho-Tonto quando ele morreu, levou o medalhão. E Harry manda Monstro ir buscar o Mundungo e patati patatá, essas coisas ae aleatórias e que enchem o saco. Mas enfim, com a ajuda de Dobby, o Monstro leva o Mundungo pra Harry, e o Mundungo conta que vendeu o medalhão pra ninguém mais ninguém menos que Dolores Umbrigde, a Barbie gorda do mundo bruxo.

Barbie gorda do mundo bruxo pqp daonde eu tirei isso? kkk

Claro, Harry, Rony e Hermione armam um plano para pegar o medalhão. E usando poção polissuco, tomam o lugar de três pessoas que trabalham no Ministério e conseguem chegar perto da Umbridge e coisa e talz, mas pra variar tem uma confusão dos diabos e os três são descobertos. Mas eles pegam o medalhão. Mas não podem voltar ao Largo Grimmauld porque um cara lá tava perseguindo eles e panz. Mas enfim, eles ficam desaparatando em diversos lugares, em busca de proteção. Óbvio que tinha que acontecer alguma coisa, e Rony é filho da puta com Harry e Hermione e vai embora. Esse covarde, puft, não é à toa que não gosto dele.

puft (:

E enquanto Rony está protegido em sua casa quentinha e fofinha, Harry e Hermione viajam à Godric’s Hollow em busca de mais uma Horcrux. Mas lá eles encontram o túmulo de James e Lílian e de um cara chamado Ignoto Peverell, que tem um símbolo estranho no túmulo. E além disso, eles encontram Batilda Baghshot, a autora de ‘A História da Magia’, vulgo ‘livro usado na aula de História da Magia em Hogwarts’. Mas como titio Voldy é um cara muito foda, ele deu um jeito de transformar a Nagini na Batilda. Ou seja: FODEU MERMÃO. E acaba que o Harry e a Hermione conseguem escapar ): Merda, Nagini deveria ter comido todos eles. Literalmente.

RAWR.

Mas aí Harry e Hermione voltam a desaparatar numa floresta. E em uma bela noite de lua, enquanto Harry estava montando guarda, um patrono em forma de corça aparece por perto. E Harry, esquecendo completamente que estava em um lugar deserto, escuro e fechado, segue a corça alegremente. Assim como um veado faria. E a corça mostra ao Harry onde está a espada de Godric Gryffindor. E é claro que a espada estaria no fundo de um lago congelado puft. Mas Harry, com toda sua coragem, mergulha pra pegar a espada. Mas quase morre. E é Rony quem salva o pobre coitado.

que mão mais sexy hein Rony? kkk

E também cabe à Rony a tarefa de destruir o medalhão. Devo comentar que ele quase borra as calças enquanto faz isso, mas consegue. E, aliás, que efeitos fodas aqueles do medalhão.

não fode Rony, heh e_e

E então povo, vou continuar no próximo post, ainda falta muita coisa kkk

_Ósculos e amplexos;
@NanyHackabout

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1. [2]

  1. Pingback: Until the end – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 [1] « SPEAK OUT, HACKABOUT!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s